Angola Namibia Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Gestão dos Recursos Hídricos
 Introdução
A Demanda de Água
 A Gestão da Demanda de Água
 A Disponibilidade de Água
 Uso e Alocação de Água
 Registo & Alocação
 Caudais Ecológicos
 Mudança Climática e o Uso da Água
 Conservação e Reutilização
 Conservação de Água
 Reúso de Água
Exemplos
 Recolha de Água
Infra-estruturas de Água
O Valor da Água
Monitorização dos Recursos
Investigação e Desenvolvimento
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Exemplos  

Reciclagem Directa de Água Potável na Estação de Reciclagem de Goreangab em Windhoek

Quando se fala sobre a reciclagem directa de água para reutilização potável, os nomes de Windhoek e da sua estação de reciclagem de Goreangab são muito reconhecidos. A cidade de Windhoek foi, sem dúvida, uma pioneira na reutilização directa de água potável.

Com uma população de cerca de 250 000 em 2005, Windhoek é a maior cidade do país. Utiliza cerca de 90 % da água consumida na região central da Namíbia. Em 70 % das suas necessidades de água, a cidade depende de três reservatórios de águas superficiais, construídos em rios efémeros (rios que só existem durante alguns dias de cada vez, depois de chuvas muito fortes; ver também o capítulo sobre Hidrologia).

Em 1969, a estação de tratamento convencional de Goreangab foi convertida para tratar não só a água superficial da barragem de Goreangab mas também o efluente final da estação de tratamento de águas residuais de Gammams (WWTP). Foi assim que nasceu a estação de reciclagem de Goreangab.

Tinha uma capacidade inicial de 4 300 m³ por dia. Esta água reciclada foi misturada com a água do campo de poços da cidade e distribuída como água potável aos consumidores. Nesta fase inicial, a água reciclada representava até 25 % do consumo de água da cidade.

Em 2002, foi concluída a construção de uma nova estação de reciclagem com uma capacidade de 21 000 m³ por dia, junto da estação antiga.

"Com a nova estação, Windhoek consegue incorporar o máximo permitido de 35 % de água reciclada na mistura de água potável em qualquer momento. (...) A Cidade de Windhoek sente-se orgulhosa do que conseguiu fazer indo contra todas as perspectivas de adversidade natural."


Fonte: Adaptado de Du Pisani 2005

A instalação técnica na estação de reciclagem de Goreangab em Windhoek, Namíbia.
Fonte: van Beuve 2008
( clique para ampliar )

 

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Kunene


Entrevista sobre a gestão integrada e transfronteiriça da bacia do rio Kunene


Investigue as barragens e açudes na bacia do rio Kunene


Examine o comércio de água virtual e a pegada de água dos países da SADC


Explore como as barragens produzem energia hidroeléctrica