Angola Namibia Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Gestão dos Recursos Hídricos
 Introdução
A Demanda de Água
Infra-estruturas de Água
 Barragens e Infra-Estruturas
Sistemas de Transferência
 Serviços de Águas Subterrâneas
 Infra-estruturas de Irrigação
 Operação e Manutenção das Infra-estruturas
 Reabilitação e Futuro Desenvolvimento
 Águas Residuais
O Valor da Água
Monitorização dos Recursos
Investigação e Desenvolvimento
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Sistemas de Transferência em Massa  

Os sistemas de transferência de água em massa envolvem a retirada e transferência de água de sua bacia de origem através de desvios, transporte tubular, navios-tanque ou camiões para uma bacia de recepção a fim de aliviar a falta de água ou para gerar energia hidroeléctrica.

Na bacia do rio Kunene, há apenas um sistema importante de transferência de água em massa: o açude do Calueque abastece o sistema de transferência de água de Calueque-Oshakati, na bacia do Cuvelai no norte da Namíbia. O canal e condutas deste sistema foram construídos na década de 1960 e, desde então, o sistema tem sido ampliado continuamente. O sistema de transferência de água de Calueque-Oshakati consiste num canal aberto com cerca de 160 km de Calueque a Oshakati e uma rede de condutas de mais de 2 000 km (Kluge et al. 2006).

Os namibianos e angolanos chegaram a acordo para que houvesse uma taxa de captação de 6 m³/s do rio Kunene em Calueque. Até agora, o volume das captações tem sido muito inferior ao que tinha sido acordado, mas a Namíbia já fez saber que, a longo prazo, tenciona aumentar a captação para 12 m³/s (Burmeister & Partners 1996).

A água bombeada em Calueque passa por um canal aberto revestido de betão e atravessa a fronteira. Pouco depois de atravessar a fronteira, o canal divide-se e a água é desviada para oeste em direcção ao Sistema de Irrigação de Etunda e à cidade de Ruacaná. O resto da água flui em direcção leste e entra no sistema de abastecimento de água de Calueque-Oshakati na Barragem de Olushandja. A barragem de Olushandja tem um volume de armazenamento estratégico de cerca de 42 milhões de m³, mantido através da derivação de água do canal.

O canal transporta água para quatro estações de tratamento de água potável que servem as aldeias no norte da Namíbia, onde residem mais de 700 000 pessoas (40 % da população da Namíbia).

Sistema de transferência de água de Calueque-Oshakati.
Fonte: NamWater 2006
( clique para ampliar )

A demanda de água em toda a região do sistema de transferência de água de Calueque-Oshakati atinge um pico em Outubro, o que corresponde ao período de caudal baixo no Kunene. As capacidades de produção da estação de tratamento de água potável são indicadas na tabela que se segue.

Capacidades de Produção das Estações de Tratamento de Água Potável no Sistema de Transferência de Água de Calueque-Oshakati

Localização da estação de tratamento

Capacidade de produção de água potável (m³/hora)

Comentários

Olushandja

Cerca de 100

Dois processos paralelos de tratamento – um automatizado e um filtro de areia de acção lenta.

Outapi

66

Abastece a cidade de Outapi, o centro de Onakayale e três sistemas de abastecimento de água para zonas rurais.

Ogongo

1 500

A água potável é distribuída ao norte, sul e leste de Ogongo.

Oshakati

2 000

Abastece o norte até Oshikango, o sul até Omapale e o leste até Omutsegwonime.

Fonte: adaptado de NamWater 2009

O canal aberto que transporta água de Calueque para o norte da Namíbia.
Fonte: Tump 2006
( clique para ampliar )
Medições hidrométricas no canal de Calueque para abastecimento de água potável para zonas rurais no norte da Namíbia.
Fonte: NamWater 2006
( clique para ampliar )

O sistema de abastecimento de água potável deverá ser ainda mais desenvolvido a médio prazo para fornecer as localidades angolanas de Santa Clara, Namacunde, Omupanda e Ondjiva. Encontram-se mais pormenores em Desenvolvimento, Operação e Manutenção de Infra-estruturas de Água.

 

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Kunene


Entrevista sobre a gestão integrada e transfronteiriça da bacia do rio Kunene


Investigue as barragens e açudes na bacia do rio Kunene


Examine o comércio de água virtual e a pegada de água dos países da SADC


Explore como as barragens produzem energia hidroeléctrica