Angola Namibia Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A População e o Rio

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Poema de Louvor Himba  

“Eu cheguei a Epupa.”
Fonte: iStock / Peter ten Broecke 2009
( clique para ampliar )

Quedas de Epupa

[Indo para Epupa], onde estão as colinas esbranquiçadas e avermelhadas, onde está o Tjova de Kamome (Tjova é o filho de Kamome), onde está Tjova de Katemba, onde estão as árvores baobá,

Onde estão os aloés que parecem seres humanos e gado, onde está o lugar de Kuvare.

Onde está o pico da montanha, onde está a casa de Warundongo, onde estão as pedras (o pico da montanha é na fronteira angolana, onde um homem chamado Warundongo costumava viver no sopé da montanha),

Onde está o lindo vale do rio Kunene que faz um som como se estivesse a ser ferido (“estivesse a ser ferido” significa que alguém está a atravessar o rio),

Onde está a cor escura de Mapu (“cor escura” refere-se a um gado de cor escura cujo dono era Mapu) e onde está a coisa especial de Tjikongondumbu (“a coisa especial de Tjikongondumbu” refere-se ao gado de Mapu que costumava pastar ao longo do vale do Kunene, bem como a uma determinada espécie de pássaro que produz um som particular),

 [Eu cheguei a Epupa].

 

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Kunene


Entrevista sobre a gestão integrada e transfronteiriça da bacia do rio Kunene


Veja o cronograma histórico dos países da bacia do rio Kunene, incluindo os acordos e infra-estruturas de água


Cenas de vídeo sobre os San na Província de Kunene e o seu acesso limitado à água