Angola Namibia Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Bacia do Rio
 Introdução
Geografia
Clima e Tempo
Hidrologia
Qualidade da Água
Ecologia e Biodiversidade
 Ecologia
 Ecologia Aquática
 Zonas Húmidas
 Biodiversidade
 Biodiversidade na Bacia
 Ecoregiões e Hotspots
 Recursos da Biodiversidade
Impactos Humanos
 Ameaças à Biodiversidade
Sub-bacias
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Impactos Humanos na Biodiversidade  

Os seres humanos ganham o seu sustento e asseguram os seus Meios de Vida através da modificação do seu ambiente, movidos pela demanda de água, alimentação e energia.

Os seres humanos intervêm nos habitats aquáticos de três modos (Falkenmark 2003):

  1. Controlo do fluxo dos rios para adaptar a sazonalidade do fluxo da água às necessidades sazonais da água. Alem das barragens e reservatórios, perfuração de poços e bombagem de água subterrânea manipulam o fluxo da água.
  2. Mudanças na ocupação do solo, tais como corte de vegetação (desflorestação) ou uso alterado para o desenvolvimento agrícola.
  3. Extracção de água para consumo e irrigação.

A Declaração do Miléniodas Nações Unidas tem por objectivo reduzir para a metade a percentagem da população afectada pela pobreza, fome e falta de água potável e saneamento básico desde os anos 1990 até 2015. Para se atingir estes objectivos, os seres humanos irão intervir nos ecossistemas com efeitos potencialmente negativos para a biodiversidade. Falkenmark descreve este fenómeno como ‘dilema básico’:

“Seres humanos e ecossistemas partilham a mesma água.”

Porque ambos, seres humanos e ecossistemas dependem na totalidade da água, a Gestão Integrada dos Recursos Hídricos (GIRH) oferece uma abordagem para criar um equilíbrio entre a protecção dos ecossistemas e a demanda pela água a fim de assegurar os meios de vida.

Exploração de florestas para a agricultura no curso superior da bacia do rio Kunene.
Fonte: Tump 2004
( clique para ampliar )

Impactos Humanos sobre a Biodiversidade

Tipo

Definição

Impacto

Sobreexploração

Sobreexploração refere-se à colheita de uma fonte renovável a um ritmo insustentável.

A sobreexploração pode afectar vários recursos naturais tais como prados de pastagem (sobrepastoreio), populações de peixe (sobrepesca), e florestas (corte excessivo)
A sobreexploração prejudica e pode até destruir habitats e espécies que deles dependem.
A sobreexploração contínua pode levar à destruição do recurso.

Introdução de espécies exóticas

Espécies exóticas que habitam fora da sua área de distribuição geográfica nativa, que chegaram lá através da actividade humana, intencional ou acidentalmente.

Espécies exóticas invasoras, normalmente não têm inimigos naturais na região invadida. Elas competem com espécies indígenas por espaço e nutrientes, e podem também desapossá-las.
Espécies invasoras representam a segunda causa principal de extinção e perda da biodiversidade em ambientes aquáticos em todo o mundo.

Poluição

A poluição é a introdução de agentes contaminantes no ambiente, causando instabilidade, desordem, danos e desconforto ao ecossistema.

A poluição consiste em resíduos agrícolas, urbanos e industriais, tais como esgotos, fertilizantes e metais pesados.
Muitos dos agentes poluentes que entram no ecossistema são muito tóxicos para os organismos vivos e podem ser destrutivos para os habitats e espécies.
Podem baixar o sucesso reprodutivo, impedir o crescimento e até causar a morte.

Fragmentação e destruição de habitats

A fragmentação de habitats é provocada pela remoção da vegetação para permitir a prática da agricultura, desenvolvimento rural, urbanização e criação de reservatórios hidroeléctricos.

Degradação, fragmentação e poluição são aspectos da destruição dos habitats.

Habitats que antes eram contínuos dividem-se em pequenos fragmentos.

A fragmentação afecta a biodiversidade através da redução da disponibilidade do habitat em termos de dimensão e quantidade.
Em pequenos fragmentos de habitat, a competição pelos nutrientes e espaço entre os animais aumenta.
As rotas de migração podem ser desconectadas e assim afectar a mobilidade dos animais entre os habitats.  

Fonte: Adaptado da Agência de Protecção Ambiental dos EUA www.epa.gov e varias fontes

 

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Kunene


Entrevista sobre a gestão integrada e transfronteiriça da bacia do rio Kunene


Explore as interacções entre os organismos no meio aquático


Examine como o ciclo hidrológico faz a água circular