Angola Namibia Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Bacia do Rio
 Introdução
Geografia
 Bacias da África Austral
 Bacia do Rio Kunene
 Geologia
Solos
 Ocupação do Solo
Clima e Tempo
Hidrologia
Qualidade da Água
Ecologia e Biodiversidade
Sub-bacias
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Solos Dominantes na Bacia  

A diversidade de formações rochosas na bacia não resulta em uma diversidade comparável em solos uma vez que estes são muito jovens devido a dissecção severa da paisagem. Os grupos dominantes de solos são os ferralsols, arenosols, luvisols e lithosols, às vezes com associações de fluvisols e vertisols. Os ferralsols dominam as terras altas no Alto Kunene enquanto os arenosols e luvisols são dominantes no Médio Kunene. O Baixo Kunene é dominado por lithosols. Em geral, os grupos de solos inférteis cobrem mais de 80 % da bacia.

Os tipos de solo dominantes na bacia do rio Kunene.
Fonte: AHT GROUP AG adoptado de FAO 1997
( clique para ampliar )

Os ferralsols desenvolveram-se do intemperismo da base rochosa. As suas baixas reservas nutricionais esgotam-se facilmente pela produção de culturas. As areias finas e médio-finas dos arenosols são geralmente designadas por areias do Kalahari. Estas totalizam mais de 70 % do volume de solo estendendo-se amiúde a mais de um metro de profundidade. Estes solos são muito pobres e na melhor das hipóteses apenas podem ser utilizados para cultivos marginais. Os fluvisols ao longo dos principais rios são sedimentos depositados pelos altos fluxos de água nas planícies de inundação. Contudo, os nutrientes não foram suficientemente acumulados para criar o mesmo conteúdo orgânico rico que se pode encontrar nas planícies de inundação noutras partes do mundo. Os vertisols ocorrem em grandes depressões provavelmente de origem lacustre e são de grande fertilidade (FAO 1997).

Características do Solo

A distribuição dos tipos de solo (% da superfície) nas sub-bacias é a seguinte:

Tipos de Solos Dominantes nas Sub-bacias

Sub-bacia
Tipo de solo %
Alto Kunene Ferralsols 98
Leptosols 2
Médio Kunene Arenosols 44
Ferralsols 36
Luvisols 10
Vertisols 8
Fluvisols 2

Baixo Kunene
Leptosols 75
Cambisols 17
Luvisols 5
Regosols 3

FAO 1998/AHT GROUP AG 2010

Os ferralsols (também conhecidos por laterita) no Alto e Médio Kunene são solos profundos e intensivamente intemperizados. Eles possuem boas propriedades físicas (forte retenção da água) contudo são quimicamente pobres. A sua baixa fertilidade natural constitui uma séria limitação para a agricultura intensiva. Como é necessária a calagem e adubação completa para uma agricultura sedentária sustentável, os ferrasols na bacia são usados principalmente para agricultura rotativa ou como pastagem.

Arenosols são os solos mais dominantes no Médio Kunenee são solos arenososque se desenvolveram do intemperismo de rochas tendo perdido todos os mineraisprimários excepto quartzo de granulação grossa. A textura é responsável pela alta permeabilidade e baixa capacidade de armazenamento de água e nutrientes. Contudo, a sua facilidade de cultivo, enraizamento e colheita de culturas de raízes e tubérculos, faz com que estes solos sejam intensivamente cultivados. Sob as condições encontradas na bacia é melhor deixa-los sob a sua vegetação natural, uma vez que a biomassa nutrível está concentrada nos primeiros 20 cm da superfície do solo.

Luvisols possuem um horizonte de aluviamento formado pela translocação de argila a partir do solo da superfície.Possuem propriedades físicas favoráveis e são geralmente solos férteis adequados para uma grande variedade de usos agrícolas.

Fluvisols cobrem apenas 2 % da área do Médio Kunene e são solos novos, azonais em depósitos aluviais, recebendo sedimento novo durante as cheias. Os fluvisols estão confinados a estreitas faixas de terra adjacente ao leito do rio. Estes solos são férteis e intensivamente cultivados com culturas alimentares e pomares ou usados como pastagem. O controlo das cheias, drenagem e/ou irrigação são frequentemente necessários.

Vertisols são pesados solos argilosos com uma grande proporção de argilas expansivas e formando profundas rachaduras largas quando secam. Dada a sua boa fertilidade química, estes solos têm um grande potencial agrícola, contudo uma gestão apropriada é o pré-requisito para uma produção sustentável. Actualmente, grandes áreas ainda são usadas exclusivamente para o pastoreio extensivo, recolha de lenha e produção de carvão vegetal.

Leptosols cobrem 75 % do Baixo Kunene. Estes são geralmente solos rasos, extremamente pedregosos em cima de rocha dura, embora possam ser igualmente mais profundos. Estes solos não são usados para agricultura, contudo têm um potencial limitado para fruticultura ou pastoreio extensivo.

Cambisols são solos jovens com uma diferenciação de horizonte derivada de um leve ou moderado intemperismo de uma grande variedade de rochas. Os solos têm uso limitado na produção agrícola devido à sua baixa profundidade, pedregosidade e baixo conteúdo de bases.

 

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Kunene


Entrevista sobre a gestão integrada e transfronteiriça da bacia do rio Kunene


Explore as interacções entre os organismos no meio aquático


Examine como o ciclo hidrológico faz a água circular