Angola Namibia Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Bacia do Rio
 Introdução
Geografia
Clima e Tempo
Hidrologia
Qualidade da Água
 Princípios
 Impactos Antrópicos sobre a Qualidade da Água
 Água Subterrânea
 Efluentes Agrícolas e Eutrofização
 Indústria e Mineração
 Salinidade
 Dureza da Água
Organismos Microbiológicos e Patogénios
 Metais Pesados
 Poluentes Orgânicos Persistentes
 Temperatura da Água
 Radionuclídeos
 Gestão de Resíduos
Ecologia e Biodiversidade
Sub-bacias
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Organismos Microbiológicos e Patogénios  

O crescimento de organismos microbiológicos e a contaminação através dos patogénios estão ligados a problemas de contaminação da água com nutrientes ou excrementos humanos. Doenças transmitidas pela água, como disenteria, cólera e tifóide, gastroenterite e hepatite, são causas principais de doenças e fraca saúde na região da SADC (SADC 2009). Microrganismos entram nos rios via águas residuais não tratadas ou parcialmente tratadas e podem causar várias doenças aos consumidores a jusante. Custos potenciais para a sociedade incluem:

  • Aumento dos encargos nos centros de saúde;
  • Perda de rendimento familiar;
  • Custos de funerais;
  • Perda de produção económica; e
  • Reacções adversas dos media e os seus efeitos no turismo.
A giárdia é um parasita protozoário comum que pode causar diarreia.
Fonte: Weese 2008
( clique para ampliar )

Uma pesquisa especifica relativa a questões da água e saúde no curso inferior da bacia do rio Kunene, suscitou problemas potenciais em relação a:

  • Diarreia;
  • Bilharziose;
  • Malária; bem como
  • Gripes e infecções do trato respiratório.

A cólera é a causa de maior preocupação, particularmente ao longo do curso inferior do rio Kunene. Nos primeiros quatro meses de 2008, por exemplo, foram registados 2 168 casos de cólera. A cólera propaga-se pela contaminação directa de água potável por fezes de um indivíduo infectado. Contudo, no estudo levado a cabo no curso inferior do rio Kunene em 2009, a maioria das mulheres entrevistadas não percebia a relação entre a água e a doença (ERM 2009).

O problema da turvação das águas do rio após chuvas fortes é também uma causa de grande preocupação para a população. O índice elevado de turvação é frequentemente associado a dores de estômago e outras doenças.

Em algumas fontes de água sujeitas a níveis significativos de poluição fecal, pode se esperar alguma correlação entre indicadores de turvação e de fezes ou patogénios. A força desta correlação é variável e embora possam ser feitas algumas aproximações, o seu valor na tomada de decisões dependerá da especificidade local (Allen et al. 2008).

 

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Kunene


Entrevista sobre a gestão integrada e transfronteiriça da bacia do rio Kunene


Explore as interacções entre os organismos no meio aquático


Examine como o ciclo hidrológico faz a água circular