Angola Namibia Sobre Como Usar Glossário Documentos Imagens Mapas Google Earth go
Favor fornecer feedback! Clique para detalhes
Home The River Basin People and the River Governance Resource Management
A Bacia do Rio
 Introdução
Geografia
Clima e Tempo
Hidrologia
Qualidade da Água
 Princípios
 Impactos Antrópicos sobre a Qualidade da Água
 Água Subterrânea
 Efluentes Agrícolas e Eutrofização
 Indústria e Mineração
 Salinidade
 Dureza da Água
 Organismos Microbiológicos e Patogénios
 Metais Pesados
 Poluentes Orgânicos Persistentes
 Temperatura da Água
Radionuclídeos
 Gestão de Resíduos
Ecologia e Biodiversidade
Sub-bacias
 Referências

 



Feedback

send a comment

Feedback

 

Radionuclídeos  

Os radionuclídeos podem ter um impacto negativo nas biotas através de efeitos mutagénicos e cancerígenos, devido a doses significativas durante um período de tempo. A absorção de partículas radioactivas pode ser directa, através da ingestão, ou indirecta através da cadeia alimentar. As causas da contaminação da água por radionuclídeos podem ser maioritariamente atribuídas à falta de uma gestão ambiental adequada, bem como ao controlo insuficiente de minas (particularmente de ouro e urânio) e de outros locais industriais onde materiais radioactivos são produzidos ou armazenados. Uma vez que não existe um programa de monitorização de radionuclídeos ao nível da bacia do rio Kunene, não é conhecida a magnitude do problema, especialmente os seus efeitos ao nível transfronteiriço.

Dentro da bacia do rio Kunene, não existe nenhuma mina ou indústria que trabalhe com materiais radioactivos. Contudo, no passado, vários depósitos de ouro nas Províncias de Huíla e Kunene foram alvo de estudos de prospecção por empresas (ANIP 2001). É apenas uma questão de tempo antes que seja estabelecida a primeira mina de ouro próximo do rio Kunene.

 

 



Interactive

Explore as sub-bacias do rio Kunene


Entrevista sobre a gestão integrada e transfronteiriça da bacia do rio Kunene


Explore as interacções entre os organismos no meio aquático


Examine como o ciclo hidrológico faz a água circular